top of page
Buscar

Apadrinhamento do estudante timorense

Tendo chegado ao conhecimento do Conselho de Administração da Causa Maior, através das Irmãs Franciscanas da Divina Providência, na pessoa da sua diretora Irmã Mª da Luz, que diversos estudantes do ensino secundário, habitantes do enclave Oe-Cusse em Timor-Leste, não tinham condições económicas para ingressar no ensino superior, foi decidido consultar os elementos dos corpos sociais da ONGD no sentido de os sensibilizar para que fosse dada resposta aos anseios dos jovens.

Logo o Vogal do Conselho de Administração Eng.º. Carlos Inácio se disponibilizou para custear os encargos relativos à frequência do ensino superior, por parte de um dos jovens.

Foi selecionado o estudante João Paulo, pelas notas que obteve nos últimos anos letivos.

Esta seleção foi comunicada, pela Irmã Mª da Luz ao Eng.º Carlos Inácio pelo que, graças ao gesto solidário deste, o João Paulo poderá encarar o futuro de forma mais risonha.

O Conselho de Administração mostrou o seu agrado pela atitude do Eng.º Carlos Inácio, motivo por que lhe apresentou, formalmente, um louvor em reconhecimento pelo seu gesto.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page