Causa Maior - Apresentação

CM.jpg

A “CAUSA MAIOR - Associação” é uma ONGD, Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, instituição sem fins lucrativos, cujos estatutos foram formalmente registados em 11 de outubro de 2013.

Tem como objectivo actuar nas áreas da Educação, da Formação, da Investigação e da Tecnologia, visando, em especial, objectivos de cariz social, em colaboração com as entidades locais responsáveis em cada zona onde possa ser útil.

Integrada maioritariamente por professores e investigadores, participa na conceptualização e na concretização de iniciativas que permitam a valorização da qualidade de vida, quer numa perspectiva económica quer numa perspectiva cultural, de grupos populacionais em domínios distintos, sempre analisadas, estudadas e acompanhadas com representantes dos interessados.

A “CAUSA MAIOR - Associação” actua em qualquer país, sendo que, numa primeira fase, somou experiências sem ignorar o rigor, participou em acções promovidas por instituições idóneas já existentes, sem prejuízo da promoção de projectos próprios que considere estarem já ao alcance das suas capacidades.

Poderão ser associados da “CAUSA MAIOR” todas as pessoas que perfilhem as intenções que presidiram à criação da associação.

 

 A “CAUSA MAIOR - Associação” iniciou a sua actividade no ano económico de 2014 e fê-lo, no respeito pelos seus estatutos e pelos objectivos que estiveram na origem de sua criação, contactando entidades que, em Portugal, em Moçambique, em Angola, em Cabo Verde, em S. Tomé e Príncipe e em Timor pudessem beneficiar da sua intervenção nos domínios da Educação, da Formação, da Investigação e da Tecnologia, nunca perdendo de vista o cariz social de que cada acção a empreender se deverá revestir.

Agindo simultaneamente com rigor e prudência, o Conselho de Administração desta ONGD analisou diversas propostas que poderão traduzir-se noutros tantos projectos, seleccionando os que, pelos seus objectivos e contornos, melhor se ajustem às finalidades da “Causa Maior” e ofereçam melhores condições de exequibilidade.

 

A hora que vivemos constitui um desafio para os que, sem egoísmos, são capazes de estender a mão aos outros, estejam onde estiverem, sejam quem forem.