Buscar

Êxito no curso online


Decorreu com sucesso o curso online de orientação e mobilidade para invisuais e normovisuais, em 10 e 11 de março.

Aqui fica a notícia publicada no sítio de internet da Universidade de Cabo Verde:

«O Curso online de orientação e mobilidade para invisuais e normovisuais contou com 28 participantes de diferentes ilhas que assistiram à formação via skype, que decorreu de 10 a 11 de março, entre Castelo de Vide, em Portugal, a Cidade da Praia, São Vicente e a ilha do Maio.

A Primeira-Dama de Cabo Verde, Dra. Lígia Fonseca, a Embaixatriz de Cabo Verde em Portugal, Dra. Manuela Brito, e a Reitora da Uni-CV, professora Doutora Judite Medina do Nascimento, estiveram presentes no início da formação, como as imagens institucionais que possibilitaram a realização do curso e deram algumas palavras de boas-vindas aos formadores e formandos.

Promovida pela Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) portuguesa Causa Maior e pela Fundação Nossa Senhora da Esperança, que concedeu o seu espaço no Centro de Investigação em Tiflologia, Ciência, Cultura e Inclusão (CITCCI), em Castelo de Vide, Portugal, a formação foi o primeiro módulo com conteúdos que pretenderam dar a conhecer as “Técnicas e Processos de Ensino de OM Básica no Interior da Área da Escola e da Residência”.

A ação pretendeu possibilitar a melhoria da qualidade de vida dos invisuais em Cabo Verde, através da abordagem de técnicas básicas de guia, lecionadas pelos professores Júlio Damas Paiva e Professor Doutor Deodato Guerreiro.

O módulo compreendeu os seguintes pontos: Caracterização da Deficiência Visual e da Orientação e Mobilidade; Frente a frente; Troca de braço; Passagem de portas; Proteção superior; Caminhar com proteção; Alinhamento e enquadramento; e Localização de objetivos.

Na Uni-CV na Cidade da Praia, a formação decorreu na sala 115 e contou com funcionários do Serviço de Ação Social e do Gabinete de Orientação Psicopedagógica da Uni-CV, além da Associação Académica e do Corpo de Voluntários, mas também membros da Associação dos Deficientes Visuais de Cabo Verde (ADEVIC) e um docente do Instituto Universitário de Educação. Em São Vicente, decorreu na Faculdade de Engenharias e Ciências do Mar e também na ilha do Maio, no espaço da Câmara Municipal.

Terminada a formação, ficou a promessa de continuação da parceria e de que os participantes transmitirão os ensinamentos adquiridos a outras pessoas envolvidas nos processos.

O encerramento contou com algumas palavras da Reitora da Uni-CV.

O curso teve o especial apoio da Presidência da República e da Câmara Municipal do Maio.»


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo